hist.jpg (2855 bytes)

 

BREVE HISTÓRIA DO IBERCOM

A ideia de aglutinar os investigadores da comunicação dos países ibero-americanos foi apresentada pelo Prof. Dr. José Marques de Melo, durante o Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação realizado, em 1986, no campus da Universidade de São Paulo, com a finalidade de celebrar os 20 anos de fundação da sua Escola de Comunicação e Artes.

Um dos eventos paralelos chamou-se I IBERCOM, organizado por J M Melo, com a colaboração da Profª Maria Immacolata Vassalo de Lopes e o co-patrocínio da ALAIC-Associação Latino-Americana de Investigadores da Comunicação, então presidida pela Profª Patrícia Anzola. O êxito do encontro, que contou com a presença de uma ampla delegação latino-americana e de um grupo de investigadores espanhóis vinculados à Universidade Autónoma de Barcelona, justificou a sua continuidade, três anos depois, em Florianópolis.

 No campus da Universidade Federal de Santa Catarina, realizou-se o II IBERCOM, sob coordenação de um grupo de trabalho integrado pelos professores Maria Immacolata Vassalo de Lopes (presidente), José Marques de Melo e Margarida Kunsch. Esse evento constituiu uma actividade complementar do congresso anual de Ciências da Comunicação do Brasil e da assembleia de reconstituição da ALAIC-Associação Latino-Americana de Investigadores de Comunicação. Participaram delegados do Brasil, dos países hispano-americanos e de Espanha.

Ao ser eleito para a presidência da ALAIC, em 1989, o Prof. Marques de Melo tomou a iniciativa de encontrar parcerias em Espanha para a realização do III IBERCOM. Obteve o compromisso da Cátedra UNESCO de Comunicação da Universidade Autónoma de Barcelona (UAB), sob a direcção do Prof. Dr. Manuel Parés i Maicas. O evento decorreu em 1993, na UAB, e contou com a presença de quatro delegações representativas do mundo lusófono (Brasil e Portugal) e do mundo hispânico (Espanha e América Latina).

 O IV IBERCOM realizou-se em Santos (Brasil), em 1997, como actividade paralela do mega-evento que comemorou o 20º aniversário INTERCOM-Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação. Foi coordenado pela Profª Drª Margarida Kunsch, vice-presidente da ALAIC, que contou com a colaboração do conselho formado pelos ex-coordenadores do evento: José Marques de Melo (I IBERCOM), Maria Immacolata Vassalo de Lopes (II IBERCOM) e Manuel Parés i Maicas (III IBERCOM).

Em Novembro de 1998, com a coordenação do prof. Luís Humberto Marcos, realizou-se, no Porto, o V IBERCOM, que ficou assinalado como o congresso institucional do “movimento Ibercom”. No seu decurso decidiu-se criar a AssIBERCOM-Associação Ibero-americana de Comunicação. Em Abril de 2000, na sequência da decisão tomada durante o V IBERCOM, foi legalmente constituída, no notário, a AssIBERCOM-Associação Iberoamericana de Comunicação. Esta associação, proposta por Luís Humberto Marcos, visa desenvolver as relações internacionais, com vista ao estudo e à investigação, nos domínios da Comunicação e das Tecnologias da Informação, no espaço geográfico e linguístico ibero-americano.

O VI IBERCOM, coordenado pela profª Lucia Castellon, decorreu em Santiago do Chile, em Abril de 2000, e ficou assinalado pela tomada de posse dos primeiros órgãos sociais da AssIBERCOM.

Em Novembro de 2002, na Maia (Porto), Portugal, teve lugar o VII IBERCOM que foi subordinado ao tema “Profissões da Comunicação: Presente e Futuro”. Foi coordenado por Luís Humberto Marcos e contou com cerca de 250 participantes.

O VIII IBERCOM-Congresso Iberoamericano de Comunicação teve lugar de 11 a 16 de Outubro de 2004, na Facultad de Periodismo y Comunicación Social da Universidad Nacional de la Plata, Argentina. Foi coordenado por Alfredo Alfonso. Tema central do encontro: “Ensino da Comunicação e do Jornalismo no espaço ibero-americano: balanço, correntes e perspectivas”.

Em Novembro de 2006 (15 a 18), decorreu o IX IBERCOM, com o apoio da Universidad de Sevilla (Espanha) e a implicação directa da sua “Facultad de Comunicación”. O tema central foi: “O Espaço Ibero-Americano de Comunicação na Era Digital”, mas muitos outros temas tiveram cabimento nos Grupos de Trabalho, tendo assim tido lugar um profundo debate sobre as principais questões que afectam campo da Comunicação, em geral, e o Jornalismo, em particular. Este congresso foi coordenado pelo decano da Faculdade de Comunicação, Prof. Francisco Sierra. Durante o Congresso celebraram-se os 20 anos do movimento IBERCOM.


O X IBERCOM realizou-se de 21 a 23 de Novembro de 2007, na Universidade de Guadalajara (México), e foi coordenado pelo Prof. Enrique Sanchez Ruiz. Teve como tema principal: “¿Identidad Iberoamericana? Comunicar la Unidad de la Diversidad”. Este X IBERCOM ficou assinalado pela aprovação de uma proposta geral de José Marques de Melo com vista à preparação de uma Confederação do sector, a criar no XI IBERCOM, previsto para 2009, em Portugal.

O XI IBERCOM decorreu de 16 a 19 de Abril de 2009, na Universidade da Madeira, subordinado ao tema “Travessias Comunicacionais: Cultura, Tecnologia e Desenvolvimento”. Este congresso foi presidido pelo Prof. Enrique Sanchez Ruiz (AssIBERCOM / Univ. Guadalajara, México) e coordenado pelos Professores Luís Humberto Marcos (AssIBERCOM) e Luísa Antunes Paolinelli (Univ. Madeira). Este congresso ficou marcado pela elevada quantidade de comunicações, pelo relevo institucional e mediático e pela realização da Assembleia Fundacional da Confederação Ibero-americana de Associações Científicas de Comunicação.

O XII IBERCOM decorreu de 10-12 de Novembro de 2011, na UPSA-Universidade Privada de Santa Cruz de la Sierra (Bolívia), subordinado ao tema “Comunicación y Derechos Humanos: Procesos de inclusión y exclusión en Iberoamérica”. Este congresso foi presidido pelo Prof. José Marques de Melo (AssIBERCOM) e coordenado pela Professora Ingrid Steinbach (UPSA).

O XIII IBERCOM decorreu de 29-31 de Maio de 2013, na FAC CC Comunicación – em Santiago de Compostela (Espanha), subordinado ao tema “Comunicación, Cultura e Esferas de Poder”. Este congresso foi coordenado pela Profª. Margarita Ledo (AssIBERCOM e AGACOM) e contou com a apresentação de 600 comunicações.

Porto, 06.03.2014